INÍCIO BOLETIM MENSAGEM PASTORAL CASAMENTOS

Lição 03 - A Unidade do Evangelho

O reformador protestante João Calvino acreditava que a desunião e a divisão fossem as principais estratégias do diabo contra a igreja, e advertiu que os cristãos deviam evitar dissensões como se elas fossem uma peste.
Lição 2- A autoridade de Paulo e o Evangelho

Estudantes de uma universidade construíram um centro em seu campus, onde todos seriam bem-vindos, independentemente da etnia, gênero, status social ou crenças religiosas. Imagine se, anos mais tarde, esses alunos retornassem ao campus e descobrissem que outros estudantes haviam redesenhado o centro. Em lugar da sala grande com bastante espaço para socialização, concebida para proporcionar um sentido de unidade a todos ali, o local tivesse sido subdividido em várias salas menores, com restrições à entrada com base na cor da pele, no gênero, na religião, e assim por diante. Os alunos responsáveis pelo novo desenho poderiam ter argumentado que sua autoridade para fazer essas mudanças vinha de uma prática estabelecida há vários séculos.
  Lição 01 - Paulo: Apóstolo dos Gentios

Não é tão difícil entender Saulo de Tarso (também conhecido como apóstolo Paulo, após sua conversão), e por que ele fez o que fez. Sendo judeu devoto, ensinado durante toda a sua vida sobre a importância da lei e sobre a futura redenção política de Israel, a ideia de que o tão aguardado Messias tinha sido vergonhosamente executado, como o pior dos criminosos, era demais para ele tolerar.
  Lição 13 - Principais temas de 1 e 2 Pedro

As duas epístolas de Pedro foram escritas para fins práticos. Em 1 Pedro, o grande problema combatido pelo apóstolo foi a perseguição enfrentada pelos cristãos. Já em 2 Pedro, o problema foi os falsos mestres. Pedro escreveu com poder e autoridade, à medida que buscava encorajar seus leitores e adverti-los dos desafios que surgiam diante deles.